Trata-se de uma pequena cirurgia, realizada no consultório dermatológico, com anestesia local, onde o paciente é liberado logo após o procedimento, sem necessidade de internação. Com uma agulha especial, introduzida abaixo da pele, no local da depressão da celulite, cortam-se as traves fibrosas dérmicas, que puxam a pele para baixo, dando aquele aspecto de “casca de laranja” típico da celulite. Quando essas traves fibrosas são cortadas, a pele fica solta e tende a recuperar o seu relevo plano. O subcision é indicado para tratamento da celulite em estágios mais avançados ( graus 3 e 4 ), onde se percebe as depressões da celulite mesmo com o paciente deitado.


Francesconi

Professor, pesquisador, dermatologista apaixonado pela pele

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *